domingo, 9 de julho de 2017

DOGEMINE 2 COM DAVI SE DIVERTINDO PRA VALER

sábado, 8 de julho de 2017


São Januário pode ter interdição provisória por confusão generalizada após clássico

Procurador-geral do STJD cita possível medida extrema de punição antes que caso seja julgado. Vasco pode sofrer multa que de R$ 100 mil e perda de 10 mandos de campo

Derrota do Vasco em clássico contra o Flamengo gera caos em São Januário
Com a confusão generalizada que marcou o fim do clássico entre Vasco e Flamengo, São Januário pode ser interditado provisóriamente até o caso ir a julgamento. Ao apito final, com a derrota, vascaínos deram início a protesto que tomou proporção generalizada. Bombas foram atiradas por torcedores em campo, além de depredação do estádio. A confusão teve intervenção policial, que atuou com bombas e gás de pimenta. A denúncia sai, no máximo, até terça-feira.
Confusão marcou fim de clássico em são Januário (Foto: André Durão)Confusão marcou fim de clássico em são Januário (Foto: André Durão)
Confusão marcou fim de clássico em são Januário (Foto: André Durão)
Além da interdição provisória, confirmada pelo procurador-geral Felipe Bevilacqua, o Vasco deve ser incurso no Art. 213 do código. O artigo prevê punição que chega a R$ 100 mil e perda de até 10 mandos de campo ao clube que não oferecer proteção no mando de um evento desportivo.
Em imagens iniciais e ainda não analisadas oficialmente, mostram claramente a torcida do Vasco atirando bombas e diversos objetos em campo. Além disso, torcedores depredaram o estádio e chegou a ter invasão de campo. Todas as situações justificam a punição prevista pelo procurador.
A procuradoria geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acompanhou as imagens iniciais da ocorrência. Inicialmente, é difícil prever a punição para o Vasco. A medida mais extrema pode render ao clube a interdição de São Januário. O presidente do STJD está fora do país. Quem acompanha as notícias iniciais é o procurador.
De acordo com a assessoria de imprensa, o STJD ainda vai analisar tudo com muita cautela e verificar as medidas cabiveis à torcida mandante. "É muito cedo para identificar ocorrências e apontar incursões. Imagens do caso ainda serão avaliadas cuidadosamente".

Joanna Jedrzejczyk se oferece para substituir Amanda contra Shevchenko

Campeã do peso-palha, que já enfrentou quirguistanesa no muay thai, diz estar em forma e implora por chance a Dana White, que elogia: "Uma honra tê-la no UFC"

Por Las Vegas, EUA
Joanna Jedrzejczyk, post Dana White (Foto: Reprodução/Instagram)O post de Dana White sobre Joanna Jedrzejczyk (Foto: Reprodução/Instagram)
Com a saída de Amanda Nunes do UFC 213 - a campeã dos pesos-galos passou mal neste sábado e foi impedida de lutar no evento da noite - uma candidata improvável surgiu para substituí-la na luta contra Valentina Shevchenko: a polonesa Joanna Jedrzejczyk, campeã do peso-palha. Dana White, presidente do Ultimate, revelou nas redes sociais que a lutadora europeia se ofereceu para tomar o lugar da brasileira e encarar "Bullet" logo mais.
"Nunes está fora e Joanna Jedrzejcyk está me implorando para deixá-la enfrentar Valentina hoje!!!!! Joanna, você é uma lutadora tão incrível e durona, e é uma honra tê-la no UFC", escreveu White, sem confirmar, contudo, se seria possível colocar a polonesa no lugar de Amanda, já que ela teria que passar por exames médicos para receber a licença da comissão, e não passou pela pesagem oficial. Além disso, Jedrzejczyk vem lutando no peso-palha (52,2kg), categoria 9kg mais leve que o peso-galo (61,2kg).
Jedrzejczyk, porém, tem um histórico com Shevchenko: as duas se enfrentaram diversas vezes no muay thai, e a quirguistanesa levou a melhor. Valentina afirmou durante a semana que gostaria de enfrentar Joanna no MMA no futuro. A polonesa publicou um vídeo no Instagram em que aparece treinando no hotel em Las Vegas e pedindo para Dana White "dar um jeito" de colocá-la contra Shevchenko.
Joanna Jedrzejczyk, post instagram, UFC 213 (Foto: Reprodução/Instagram)O post de Joanna Jedrzejczyk no Instagram, pedindo pela luta contra Valentina no UFC 213 (Foto: Reprodução/Instagram)
- Vamos lá Dana, vamos lá UFC, faça acontecer! Fale com a comissão, vamos fazer os exames médicos. É a sua cidade. Vamos lá Dana, faça acontecer, estou em forma! - diz Joanna no vídeo.
Por ora, Yoel Romero e Robert Whittaker, que disputam o cinturão interino do peso-médio, foram promovidos à luta principal do UFC 213, que ficou com 11 lutas. A luta entre os pesos-galos Rob Font e Douglas D'Silva foi promovida ao card principal, e Fabricio Werdum x Alistair Overeem passou ao coevento principal da noite.
Combate transmite o UFC 213 ao vivo e com exclusividade a partir de 19h45 (horário de Brasília). O Combate.com acompanha o evento em Tempo Real, com vídeo ao vivo das duas primeiras lutas do card preliminar. Confira a programação atualizada:
UFC 213
8 de julho, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-médio: Yoel Romero x Robert Whittaker
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Alistair Overeem
Peso-pesado: Daniel Omielanczuk x Curtis Blaydes
Peso-leve: Anthony Pettis x Jim Miller
Peso-galo: Rob Font x Douglas D'Silva
CARD PRELIMINAR (a partir de 20h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Travis Browne x Alexey Oliynyk
Peso-meio-médio: Chad Laprise x Brian Camozzi
Peso-médio: Thiago Marreta x Gerald Meerschaert
Peso-meio-médio: Jordan Mein x Belal Muhammad
Peso-pena: Cody Stamann x Terrion Ware
Peso-meio-pesado: Trevin Giles x James Bochnovic